Categorias
Sem categoria

Cloud Server

Quais os riscos de não controlar a jornada de trabalho na sua empresa?

Uma das visões mais equivocadas que uma empresa e seus gestores podem ter é achar que quanto mais os funcionários trabalharem, em termos de tempo de jornada, melhor. A ideia de que eles produzirão muito mais e, com isso, o negócio terá maior sucesso e lucro, nem sempre é real.

E por que isso acontece? Explicaremos a seguir, mostrando alguns dos principais riscos de não controlar a jornada de trabalho em sua empresa.

Erros operacionais

Ter uma determinada quantidade de horas de trabalho por dia ou semana não é um capricho. Faz parte da consciência de que nenhum ser humano é uma máquina, sendo necessárias momentos de descanso, lazer e cuidados com a vida fora do eixo profissional.

Portanto, não controlar a jornada aumenta muito as chances de erros operacionais no funcionamento da empresa. Qualquer um que trabalhe além do que o corpo sustenta vai perder em atenção e qualidade do trabalho realizado. O negócio fica mais propenso a erros, que podem afetar o funcionamento e a operação.

 

Para além das falhas em si, isso pode impactar o produto final, seja ele qual for. Com isso, a entrega ao mercado é de menor qualidade, o que tira prestígio da empresa. Em um círculo vicioso, ter funcionários trabalhando além do tempo que deveriam podem gerar perdas, em vez de aumentar os ganhos.

Ou seja, além de uma questão de cuidado com a saúde e o bem-estar dos colaboradores, o que também é necessário, extrapolar as horas de trabalho podem ter efeito contrário do pretendido, com erros operacionais que levem à menor qualidade final.

.

Questões financeiras

Além disso, é importante abordar os pontos financeiros. Mesmo que ter funcionários ultrapassando a jornada prevista possa fazer a quantidade de trabalho feita ser maior, isso também gera mais custos. E seria preciso entender até que ponto a produção em escala maior compensaria os gastos.

A começar pelas horas extras. Qualquer empresa séria e que preze pelo cumprimento das leis e dos direitos dos trabalhadores, cumprirá seu dever e pagará o equivalente ao tempo maior de trabalho. Isso gera gastos consideráveis.

Imagine que todos os funcionários fiquem por mais períodos trabalhando. Se todos receberem horas extras, o custo com salário crescerá demais, provavelmente mais do que o orçamento previsto para estes pagamentos suportava. Torna-se, até mesmo, um risco para a gestão financeira.

Isso soma-se também ao fato de que, quanto mais tempo os funcionários ficam usando a estrutura da empresa, mais custos são gerados. Pensando em negócios com sede fixa, há a questão do uso de energia dos computadores, gasto com luz, água etc. O orçamento geral é impactado, com a necessidade de pagar valores mais altos, que muitas vezes não são compensados pela produção feita nas horas a mais.

Portanto, fica claro que controlar a jornada dos funcionários é essencial, e deixar isso de lado traz riscos consideráveis para a empresa, desde as finanças até a produção em si e o bem-estar dos colaboradores.

Gostou deste conteúdo? Espalhe-o. Marque seus amigos nos comentários e faça com que estas ideias cheguem a mais pessoas!

Últimos Posts

Lei geral de proteção de dados pessoais

A coleta, o armazenamento e o processamento de dados dentro das empresas vão passar por
grandes transformações. Afinal, em agosto de 2020, entrou em vigor a Lei Geral de Proteção de
Dados, inspirada na norma europeia. Venha entender tudo sobre a nova legislação no país.
O que é a LGPD?

Leia mais »

Qual a diferença entre um Firewall Corporativo e OpenSource

A proteção dos dados é indispensável para qualquer empresa no cenário atual. Mais do que nunca, a informação é o bem mais precioso para as pessoas e para os negócios, sendo, portanto, o principal alvo quando ocorrem ataques e acessos não autorizados a uma rede de computadores.

Leia mais »

PABX Virtual

O PABX Virtual é uma solução que reduz custos e torna mais eficiente a comunicação

Leia mais »